Manifestação Popular no Brasil 2013 / SANEPAR

SANEPAR - poluição de rios

A SANEPAR POLUI RIOS  E COBRA CARO

PELO ABASTECIMENTO DA ÁGUA

Conforme o site da Sanepar – Cia de Saneamento do Paraná em 1912 a Receita tarifária foi de R$ 2,290 bilhões e Investimentos: num total de R$ 476,3 milhões, atendendo 10,2 milhões de habitantes no Paraná. A SANEPAR tem seu patrimônio gerido com recursos advindos do povo paranaense – porém parece-nos que seus lucros estão cada vez maiores – em prejuízo da economia popular, com contas e taxas muito caras. Afinal a água é patrimônio de todos os paranaenses; todos os equipamentos são fruto do investimento popular – porque esse superávit? Se você estiver fora de seu domicilio e não gastar uma gota de água receberá uma conta de pouco mais de R$ 42,00 aproximadamente, em sua caixa do correio ou debitada em sua conta bancária! Se pedir um desligamento temporário terá que pagar outros R$ 42,00 reais e, para religar, cerca de R$ 150,00. Enquanto uma conta da COPEL, no caso de você estar fora, mesmo com uma lâmpada parcial e diariamente ligada, a tarifa chega a cerca de R$ 8,00!!! Os reajustes são autorizados pelo governo estadual, através de decreto – porque essa distorção? Não podem alegar que há tarifa social para famílias carentes. A Copel tem a chamada “Luz fraterna”, com tarifa social – nem por isso exorbita. Á ÁGUA é um bem público, elemento essencial para a população. Através dos anos a Sanepar foi “engolindo” as empresas municipais de abastecimento. Hoje tem um lucro baseado em taxas absurdas, como de desligamento e religamento temporários. Por outro lado as empresas, que têm lucro com o uso da água têm uma das tarifas proporcionalmente mais baixas, comparativamente a outros estados brasileiros. A SANEPAR foi criada para beneficiar a população e não faturar altos lucros. Hoje quem tem ligação na rede de “tratamento de esgotos” paga quase R$ 50,00 por 10 m3 de água. Grande parte da população desconfia da qualidade da água servida pela SANEPAR, pois cresce o numero de consumidores que apelam para a água mineral, comprada no comércio de cada cidade paranaense. Que tal um PASSE LIVRE para diminuir os lucros e beneficiar a população que não usufrui da tarifa social – porém sempre é onerada por altos impostos e taxas abusivas!? Por outro lado não faltam denúncias de que as estações de tratamento de água (também pagas pela população) fazem um trabalho superficial, em quase nada contribuindo para evitar a crescente poluição de nossos rios – pelo contrário! Veja, por exemplo, a denúncia de Eduardo Panachão, da ONG Meio Ambiente Equilibrado: “Quando você passa ao lado de uma estação de tratamento de esgoto logo após o despejo, o que se vê é uma água podre, sem a menor condição de ser devolvida aos rios. Essa é a água que a Sanepar diz que tratou” Além de criticar o serviço de tratamento de esgoto da companhia, o presidente da ONG também apontou irregularidades no caminho entre a captação do esgoto e as estações de tratamento. “Existem vazamentos nas tubulações que levam esses efluentes até as estações de tratamento. Quer dizer, o trabalho de tratar o esgoto antes de ser jogado de volta nos rios não está sendo feito. Parte do trabalho da Sanepar é não deixar esse esgoto in natura ir para os rios, e é exatamente o que acontece”.  A mesma reportagem faz graves denuncias aos esgotos da SANEPAR: “A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) foi investigada em 20/09, na chamada “Operação Iguaçu” Água Grande”, que apura casos de poluição no Rio Iguaçu. Segundo o delegado da Polícia Federal (PF) Rubens Lopes da Silva, a companhia, classificada como uma “empresa de fachada”, cobra dos usuários pelo tratamento de esgoto, mas não executa os serviços. As investigações apontam que todas as estações atuariam de forma ilegal no estado. Por conta disso, 30 gestores serão indiciados por estelionato“. Veja mais em: http://www.ivandecolombo.com.br/2012/10/pf-diz-que-sanepar-polui-o-rio-iguacu.html).

Essas denuncias, se confirmadas, deverão fazer com que a “empresa” devolva os milhões de dólares já arrecadados para devido tratamento da água descartada pelos contribuintes. A SANEPAR é uma estatal paranaense de capital aberto – há, portanto, acionistas e altos funcionários faturando alto em cima da economia popular. Há alguns anos atrás a SANEPAR teve que fazer uma outra estação de tratamento de esgotos na cidade de Cambé, forçada por decisão judicial, no norte do Paraná – pois a mesma foi autuada por poluir mais de 3 km do rio Caçador. Os proprietários rurais tiveram, na época, de fazer cercas para impedir que o gado bebesse a água do rio, sob risco de morrer contaminado.

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “Manifestação Popular no Brasil 2013 / SANEPAR

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s